Bem vindo ao blog

O que afetou o marketing durante a pandemia covid-19

Desde março deste ano, vários mercados vêm sofrendo impactos devido à pandemia de Covid-19. O marketing influencer foi um dos setores afetados. O número de marcas que busquem influenciadores para executar campanhas diminuiu significativamente.

No entanto, houve um aumento no percentual de engajamento nas redes sociais durante o período de quarentena, devido ao isolamento social.

O mercado de marketing de influência durante o estudo Covid-19
Uma pesquisa realizada pela Youpix em associação com a Brunch buscou analisar a mudança no comportamento do consumidor durante a pandemia de Covid-19. Foi analisado que 49% dos brasileiros reavaliaram seus gastos.

No mesmo levantamento, 71% desses usuários declararam que pretendem aumentar o volume de compras online. No entanto, ela percebe que o cenário para marcas e influenciadores nem sempre segue a mesma tendência.

No Instagram do Influence.I foi realizada uma pesquisa com influenciadores perguntando se a quarentena afetou o trabalho deles. Também foi questionado se o pedido de emprego tinha aumentado ou diminuído.

No geral, 379 pessoas participaram da pesquisa e 71% alegaram que a demanda de mão de obra diminuiu. Audiência em períodos de quarentena

A empresa realizou, posteriormente, um estudo que visava analisar o aumento do engajamento do público com as redes sociais durante o período de quarentena. No estudo é possível perceber um aumento de 18% no engajamento do público com as redes sociais de uma marca.

Também, 31% dos entrevistados declararam que gastam mais de 5 horas por dia em seus smartphones. Com essas informações à vista, é possível perceber que há um aumento do engajamento do público com as redes sociais.

Mas, antes de mais nada, temos de analisar quais materiais foram mais consumidos pelo público. Neste momento, você precisa criar conteúdo de forma consciente.

O público busca honestidade, tanto a marca quanto os influenciadores. Ou seja, para que uma campanha de marketing influenciadora seja bem-sucedida durante esse período, é preciso estratégia. Setores com maior engajamento

No mesmo estudo realizado pela Youpix em associação com a Brunch, os segmentos que mais se interessam por campanhas com influenciadores são: limpeza, higiene pessoal, alimentação, bebidas, aplicativos de entrega, plataformas de fitness online e e-commerces.

Além disso, os supermercados que trabalham com vendas online e sistemas de entrega também viram um aumento nas vendas. Para esses setores, a parceria com influenciadores digitais pode ser benéfique.

De acordo com Ana Paula, co-fundadora da Brunch, “os criadores de conteúdo podem ser os maiores aliados das marcas em tempos de crise, em particular por terem laços de confiança bem estabelecidos com suas comunidades”.

Com isso, vale a pena avaliar o investimento em marketing influenciador por marcas.

Como Aplicar Estratégias de Marketing de influência durante a pandemia para viabilir traçar uma campanha de marketing influenciador durante o período de pandemia, é preciso estar atento em formatos que estiveram em ascensão durante esse período.

Um exemplo que tem sido um grande sucesso é a vida. Diversos artistas e influenciadores focam neste modelo de conteúdo para a divulgação de seu trabalho.

Além disso, as marcas também podem se beneficiar deste formato, oferecendo patrocínio ou parceria com influenciadores. No entanto, é importante focar em conteúdos que tragam soluções para o público.

Esses materiais podem variar de diretrizes instrucionais no formato de tutoriais ou de conselhos sobre o bem-estar. Em resumo, o importante é que o conteúdo seja interativo e agradável para o público que está consumindo.

Também é importante que a marca mostre seu objetivo com campanhas direcionadas, já que elas podem servir como um exemplo de “como fazer o bem”.

Outro exemplo disso é o caso da ação da Ambev, que transformou o álcool de suas cervejas em álcool gel, fechado em recipientes de produção próprios.

A empresa produziu meio milhão de unidades e distribuiu-a em hospitais públicos. Concluindo-se há um aumento do engajamento do público com as mídias sociais e com conteúdo produzido por influenciadores digitais.

No entanto, ao planejar uma campanha de marketing influenciadora durante a pandemia de Covid-19, uma precisa estudar o melhor formato para alcançar o público desejado.

Além disso, o discurso deve estar alinhado com o momento em que o mundo vive para que, desta forma, ele não seja percebido como mero oportunismo da marca.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossos artigos